Haikaiss em “Camaleão” | Videoclipe Oficial

(Texto: Guilherme Junke | Blog Vai Ser Rimando)

Pra se adaptar é preciso ser, não adianta apenas parecer. Para solidificar ainda mais o seu trabalho, o Haikaiss lançou o clipe da música “Camaleão” e deve lançar em breve um novo cd.  A direção é de Toddy Ivon.

Não os subestime pela jovialidade de seus integrantes e de seu tempo na ativa, o Haikaiss está em vias de lançar o seu 5º cd! E os caras não param de lançar música e vídeo atrás de música e vídeo.

Além do clipe de “Camaleão“, que estava presente no CD “Couvert“, lançado em 2011, eles lançaram recentemente as músicas “Give me the night“, com participação da rapper estadunidense Reverie, e o som “Mulheres paqueram mulheres“, que pode estar presente no próximo CD.

O camaleão é um animal bastante conhecido pela sua capacidade de se camuflar. Assim, ele consegue estar presente em um ambiente sem ser reconhecido, por mais que naturalmente ele seja completamente diferente.

A música do Haikaiss parece ser basicamente sobre isso: sobre como há pessoas que fingem ser o que não são para passar desapercebido em um grupo.

Isso no RAP é bastante reportado, não há uma discussão que não apareça a eterna disputa entre os falsos e os verdadeiros. É aquela de não adiantar dizer que é ou não, cê tem que fazer muito mais do que sua aparência tem a dizer.

Outra maneira de entender a música é que o RAP mora na rua e lá os MCs são camaleões, adaptados ao ambiente e prontos para “eliminar o inimigo”. Os rappers já conhecem os podres e as tretas, para derrubá-los cê vai ter que fazer muito mais do que o normal.

Ter um clipe dirigido pelo Toddy Ivon dá mais solidez ao trabalho do Haikaiss. Afinal, o diretor já tem nome forte nos vídeos de RAP, depois de ser amplamente elogiado pelos clipes de “Vou ser mais“, do Rashid, e “Chama os mulekes“, da Cone Crew Diretoria.

No clipe, que mistura uma história que traduz a ideia da letra com a presença dos MCs rimando em frente à câmera, destacam-se as máscaras inspiradas em Guy Fawkes, já bastante famosa e que sugere revolução.

Em meio ao forte uso das máscaras e essa ideia de conspiração, o clipe termina com uma frase de Paulo Leminski: “Confira, tudo que respira, conspira”, que seria um alerta.

Outra parada da hora sobre o clipe é que o roteiro é do SPVIC, um dos integrantes do grupo. É muito foda essa multifuncionalidade que muitos rappers têm, isso sempre acrescenta mais ao trabalho artístico do próprio como também à força da própria cultura, pois gera integrantes bastante focados na produção.

//

MTV BRASIL
VICE BRASIL

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s